Domingo, 30 de Janeiro de 2005

O fim de uma bela história

11706.jpg  Olá, hoje voltei com mais uma cara nova. A escolha recaiu, desta vez, sobre alguém bastante mais conhecido do que o Tacchi. Embora já não pense poder chamá-lo de "ídolo", não quis deixar de fazer referência a alguém por quem tive uma admiração sem limites durante quase 7 anos. Para quem não o reconheceu apenas pela fotografia, trata-se de Gigi Buffon, o guarda-redes da Juventus e da Itália ( mais um italiano ;-) ). Foi recentemente eleito, pelo segundo ano consecutivo, melhor guarda-redes do mundo, com inteira justiça...na minha opinião, como ficou provado na sua passagem por Portugal, por ocasião do Euro 2004. Aquele a quem já chamaram o "Maradona dos guarda-redes", é hoje uma figura incontornável das balizas mundiais,  com apenas 27 anos completados no passado dia 28 de Janeiro. Com provas dadas ao todos os níveis, o Gigi é hoje mais uma estrela do planeta futebol. Talvez isso me tenha afastado gradualmente dele. Não esqueço contudo a sua ascensão até ao topo. Poucos serão aqueles que se lembrarão dos seus primeiros passos no futebol europeu...talvez apenas os vimaranenses que seguem com paixão a sua equipa. Pois é, quis o destino que tudo começasse em Guimarães. Foi numa noite inesquecível de Setembro de 1996 que o Vitória eliminou o Parma da Taça Uefa. Na baliza da formação italiana, estreou-se um menino de 18 anos mas já com um talento imenso. Da Cidade-Berço para o mundo, foi com um misto de inconsciência e optimismo que o Gigi foi queimando as etapas até se afirmar definitivamente na alta roda do futebol mundial, fazendo sempre esquecer a sua precocidade. Em 1998, rendi-me às qualidades ímpares desse fantástico guarda-redes e acompanhei a parte fulgurante da sua carreira, consciente que estava assistindo ao nascimento de uma figura mítica do futebol. Sempre admirei essa personagem incontornável que é o Gigi e reconheço que é hoje o nº 1 absoluto. Contudo, penso que dei por encerrado uma bela história de fan. A coincidência quis que o ponto final ficasse marcado novamente em Guimarães, por ocasião do Itália-Bulgária do Euro 2004. Fechou-se assim um ciclo de belíssimas recordações. É com muito carinho que guardarei a fotografia autografada que recebi pelo correio em 1999, na sequência de duas cartas que lhe enviei. Também não esquecerei as horas passadas em aeroportos e à porta de hotéis, na esperança de conseguir uma fotografia ou esperando por um simples sorriso. Assim me despeço, sem antes agradecer pelas muitas visitas que recebi e pelos comentários que são para mim um incentivo para continuar. Muito obrigada a todos. Espero voltar em breve com mais novidades.


 


Um abraço da Diva Bianconera  

publicado por Diva às 15:55

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Domingo, 23 de Janeiro de 2005

2ª parte

48.jpg 


Olá, como prometido, cá está a continuação da minha apresentação. Tenho acompanhado de muito perto aquilo que foi, até hoje, uma carreira com altos e baixos. Não foi sempre fácil mas nunca deixei de acreditar no Tacchi ( como muitos o chamam, para quem não domina o italiano lê-se Taki ). Depois de uma estreia prometedora ao serviço da Juve na época 1994/95, seguiram-se momentos de dúvida e de esquecimento em que o seu nome era o primeiro a ser colocado na lista de dispensas por toda a imprensa transalpina, sem esquecer as recentes polémicas sobre as práticas de doping na Juve onde ele também foi envolvido. Eu nunca desanimei e ele, felizmente, ainda menos. Foi com muita humildade e amor à camisola que ele ultrapassou os obstáculos para poder hoje ser um dos capitães da Juve. Dá-me uma imensa alegria poder vê-lo com a braçadeira de capitão pois sei que ele a merece plenamente, não só pelos 10 anos que já passou com as cores da Juve, mas também pela paciência e pelo espírito de sacrifício que sempre revelou. Reconheço que o Tacchi não é um fora de série mas a sua dedicação merece que ele seja lembrado como um dos grandes jogadores da Juventus.


Fora dos relvados, o Tacchi tem duas paixões ( que coincidência, exactamente como eu! ): o golfe e a NBA. A primeira começou por acaso após ter sido derrotado de forma clara pelo seu colega de equipa, o mítico Ferrara. O seu orgulho incitou-o a empenhar-se de tal modo que hoje já leva o golfe muito a sério. Não perde uma oportunidade de desafiar o seu grande amigo Del Piero mas também grandes nomes do campeonato italiano como o "milanês" Shevchenko. Enfim, uma verdadeira paixão que leva o Tacchi a frequentar assiduamente o "green" sem, contudo, esquecer as transmissões televisivas. O próprio confessa que antes não lhe teria passado pela cabeça seguir um torneio de golfe pela TV mas agora até deixou de gravar jogos de futebol para dar lugar à sua nova paixão. A sua preferência recai, sem dúvida, para Tiger Woods que ele próprio define como "un fuoriclasse" ( um fora de série ). Mas as preferências do Tacchi não se ficam por aqui. É, igualmente, um grande apreciador dos dotes ímpares de Allen Iverson, estrela da NBA ao serviço dos Philadelphia 76ers. Foi essa admiração que o levou a escolher a camisola nº 3, o número envergado pelo "craque" americano. Para além disso, o Tacchi adora cães, o mais importante para ele é a sua família ( os seus pais e os seus dois irmãos ) e também ouvi dizer que o seu desejo é agora constituir um lar e ter dois filhos...pretendentes não devem faltar!!! Eu desejo-lhe sinceramente toda a felicidade do mundo. Antes de terminar, queria só referir que tive a sorte de estar ao lado dele no aeroporto Sá Carneiro num dia de má memória, o 11 de Setembro de 2001. Consegui ter o seu autógrafo e uma linda fotografia que, infelizmente, não coloco no blog pois ainda não tenho scanner. Ficarei-lhe-ei eternamente agradecida pois manifestou disponibilidade quando a maioria dos outros jogadores nem sequer se aperceberam do elevado número de admiradores que esperavam pelo autógrafo. O Tacchi foi mesmo impecável e demonstrou ter menos manias do que se poderia esperar. 


P.S.- Se gostaram da 1ª fotografia que coloquei no blog, aconselho-vos a visitarem o site www.dolcegabbana.it. Lá poderão encontrar uma série de fotografias dedicadas a alguns dos mais famosos jogadores da campeonato italiano. Vale a pena!


Um grandíssimo abraço da Diva Bianconera   

publicado por Diva às 19:47

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Sexta-feira, 21 de Janeiro de 2005

O meu primeiro "Amor"

Tacchin1.JPG


Olá, incitada pelos poucos comentários que recebi, decidi não perder mais tempo e começar a minha apresentação.  Penso sinceramente estar a começar em beleza! Descobri este lindo ragazzo italiano numa memorável noite de 22 de Maio de 1996. Tinha ele nessa altura 20 anos e bastou um sorriso sincero registado pelas câmaras televisivas para me cativar. Nesse dia, Roma teve mais encanto pois para além de me ter dado a alegria de festejar a conquista da Liga dos Campeões pela minha Juventus (já dá para entender o meu nome "bianconera"), foi também o ponto de partida de uma bela aventura que já dura há quase 9 anos.  Pode parecer uma mera banalidade gostar de um homem atractivo com legiões de admiradoras até ao Japão mas a minha história não se ficou apenas por isso. Confesso não ficar indiferente à sua aparência mas aprendi com o tempo a admirá-lo por muitos outros motivos... ( não percam a continuação...penso que vai valer a pena )


Um abraço da Diva bianconera

publicado por Diva às 00:59

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quarta-feira, 19 de Janeiro de 2005

Bem-vindos ...

Olá, bem-vindos ao meu blog! Estou a começar uma nova aventura na comunidade dos blogueiros onde espero permanecer por muito tempo. A minha disponibilidade será sempre limitada pelas minhas ocupações estudantis mas vou esforçar-me para manter o meu pequeno mundo sempre vivo. Pretendo, através deste blog, partilhar as minhas vivências de fan com todos aqueles que, por empatia ou por simplesmente se terem perdido, desaguarem neste universo muito pessoal. Não quero perder a oportunidade de deixar falar o coração pois quando se trata das minhas paixões e dos meus "ídolos" ( não gosto desta palavra, tem uma certa carga pejorativa ), deixo de lado a racionalidade e a rigidez do dia-a-dia para viajar até à magia de um bem-estar por vezes dificilmente perceptível para quem me rodeia. A indiferença ou a incompreensão não me impediram de viver intensamente uma aventura que começou num já longínquo serão de Julho de 1994. Fui ao longo dos anos acumulando momentos eternos e inesquecíveis que deram um brilho especial à minha vida. Não me acho alguém infeliz, pelo contrário, penso ser uma pessoa privilegiada pois tenho uma família fantástica e grandes amigos contudo, as minhas paixões permitiram-me sentir realizada e viver experiências incomparáveis. Aprendi muito, tive muitas alegrias mas também algumas tristezas ainda assim, não trocava o que eu vivi por nada neste mundo( peço desculpa pelo egoísmo ). Ser ou não ser fan ( a não confundir com fanático ), eis a questão. Eu optei pela primeira alternativa e poderia descrevê-la simplesmente como um concentrado de admiração e carinho por alguém que para nós ganhou um significado especial. Ser fan é saber gostar sem receber nada em troca, é rever-se numa pessoa que para nós é um exemplo sem, contudo, esquecer os seus defeitos pois ninguém é perfeito e é, também por vezes, deixar-se levar por um sorriso, um olhar ou uma maneira de estar ( não sou de pedra! Não fico indiferente a uma bela aparência! ). Sem esquecer de os enquadrar nas minhas paixões que são o futebol e o ciclismo ( se a primeira é banal, a segunda é sempre inesperada ), daqui para a frente apresentarei os meus "ídolos" e tentarei, sempre que possível, falar da actualidade de cada um. Não me esquecerei de colocar algumas fotografias pois tenho a consciência que, se alguns são mais do que conhecidos, outros serão uma absoluta novidade para as poucas almas penadas que vierem aqui parar. Espero sinceramente receber opiniões e sentimentos, ainda que negativos, da parte dos meus visitantes.


Um grande abraço da  Diva Bianconera

publicado por Diva às 19:27

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

.leva-me contigo




.últimas paixões

. Até qualquer dia

. Dia dos Namorados

. Fingertips - Cause to lov...

. Lindo

. O amor é um jogo?

. Dúvida

. Feliz 2008

. Feliz Natal

. ...

. Palavras confusas de um c...

.fragmentos da memória

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

.links




Take an Angel






;

.prémios





.outros links


blogs SAPO

.subscrever feeds