Terça-feira, 28 de Março de 2006

As palavras que nunca te direi

 

Olá! Após a mudança no visual, decidi regressar aos posts. Hoje revelo aqui o que há mais de um ano era um desabafo secreto, uma confissão silenciosa, uma lágrima num oceano de incompreensão e mágoa. Os tempos passaram, o sol voltou a brilhar mas esse amor passado mal sucedido ficou imortalizado nessas palavras sinceras atiradas no vazio. Aqui ficam as palavras que, por causa da indiferença e da frieza, nunca viram a luz do dia:

Que faço aqui? Sou apenas mais uma pessoa escrevendo aquilo a que chamam "As palavras que nunca te direi". Será que estou condenada a viver de recordações?? Não sei se hei de amaldiçoar o destino que te pôs no meu caminho. Forcei este destino? Também não ajudaste, diga-se...Se soubesses a paz em que eu andava antes de aterrares repentinamente na minha vida. Gostava de poder cantar "A minha sorte grande foi você cair do céu, minha paixão verdadeira". Infelizmente não consigo entoar estes versos sem sentir uma dor cá dentro. Foi tudo tão rápido...não tive tempo para pensar ou para me questionar. Subitamente, o meu coração traiu-me e deixou-me neste estado de confusão, de tristeza, de desespero...Não percebo como deixei que isso acontecesse, costumo ser tão boa a evitar chatices dessas. Agora não adianta recriminar-se, o pior está feito. Peço-te desculpa, não queria que isto chegasse a este ponto. Acredita que fiz tudo para evitar que o sentimento crescesse. Tentei a todo o custo matá-lo enquanto ainda estava prematuro mas não consegui. E agora pago sozinha o peso deste sentimento estranho que nem eu sei explicar mas que me faz sofrer terrivelmente. A tua ausência também não ajuda nada...Queria esclarecer isto tudo comigo própria mas na tua presença...perceber se o que sinto "No es amor, se llama obsesión". Talvez...Espero que daqui uns tempos estarei pensando nisto tudo com um sorriso nos lábios, percebendo que não passou de um equívoco, de uma confusão...Não sei, estou baralhada. Tu estás tão longe, ocupado, nem sequer te deves lembrar de mim...enquanto eu ando cá, mergulhada na saudade...louca por ouvir a tua voz, animada, dizendo que está tudo bem. Saber que estás bem é tudo aquilo que eu preciso. Se estiveres feliz, eu também estarei...não posso pedir mais nada. Mais do que insuportável, acho esta ausência perigosa. Vou vivendo de uma imagem, de recordações e vou perdendo o contacto com a tua verdadeira pessoa. Como vês, não está nada fácil para mim. Não consigo controlar a tempestade que provocaste cá dentro. Se soubesses como conseguiste deixar-me, ficavas incrédulo. A tua voz, os teus gestos, o teu modo meio desajeitado de ser...Não percebo, até me espanto a mim própria. Infelizmente, os meus sentimentos perdem-se no vazio, sem receptor. Já estou habituada...Apesar de toda a mágoa, aquela semana de ilusão valeu a pena. Há muito tempo que ninguém manifestava o mínimo interesse por mim. Ainda que não tivessem o conteúdo que eu esperava, as tuas palavras e os teus actos fizeram-me sorrir, vibrar de contentamento. Viverei deles enquanto este sentimento teimar em não desaparecer. Não tenho outro remédio. A luzinha de esperança que trago cá dentro não será de grande ajuda. Mesmo assim, gostava que tivesses visto algo de diferente da minha parte. Eu sei que fui sincera mas, pelos vistos, acho que errei em alguma coisa. Se eu soubesse em quê...Gostava que me visses de outra forma. Tinha tanto para mostrar mas agora é tarde...Desanimo sem ti. Se ao menos pudesse sentir novamente essa tua amizade tão preciosa...Peço desculpa pelo egoísmo mas não esqueci a sorte que tenho por te ter como amigo. Não quero perder esse privilégio. Se isso acontecesse, esta dor seria ainda mais insuportável. Talvez por isso prefira ficar na sombra e no silêncio. Se soubesses o quanto me assusta pensar que o meu maldito sentimento poderia afastar-te de mim. Já me sinto suficientemente mal. Se pudesse dar cabo de tudo o que eu tenho cá dentro e que me magoa. Queria voltar a sentir-me leve e tranquila como dantes mas um anjo caiu do céu para me iluminar...e para me fazer sofrer também. Todas as vezes em que perguntaste porque andava triste e calada, tive que unir todas as forças que ainda me restam para sorrir e dissipar qualquer dúvida. Que sofrimento...Fazer como se de nada fosse...Guardar as lágrimas para depois...Já chorei mais desde que apareceste do que em todo o ano passado. Ao teu lado senti-me logo tão bem. Por que razão tinha que vir tanta dor substituir um bem-estar que até agora me era desconhecido? Agora sinto-me feia, sem jeito, sem palavras certas. Queria dizer-te sempre a frase adequada no momento certo mas não consigo...desculpa. Apesar de tudo sinto que podia fazer muito mais. Estava disposta a tantos sacrifícios por ti...bem, não eram sacrifícios pois faria qualquer coisa sem que isso me custasse. Se tu soubesses a alegria que trago na voz e no olhar quando falo de ti às outras pessoas. Não consigo conter-me...preciso falar de ti a toda a gente, é como se voltasses a estar perto de mim pelo simples facto de dizer o teu nome. Estou maluca? Talvez...Não me leves a mal, por favor, mas já falei nos meus sentimentos com 3 amigos. Ninguém me recriminou, ninguém se assustou, apenas me deram o apoio de que tanto preciso. Sinto-me tão culpada...Gostava tanto que tudo tivesse sido diferente. Não queria comportar-me desse modo. Perdoa-me por ter um coração tão mole. É falta de hábito. Se isto continuar assim...espero bem que não...vou ter que ganhar força para te dizer a verdade embora isso me assuste terrivelmente. Já percebi que todas as manifestações de carinho da minha parte te deixam incomodado. Mais uma vez, peço-te imensa desculpa. Aquilo que eu menos quero é incomodar-te. Já sofro o suficiente...Enfim, tudo aquilo que eu agora te confessei não te deve ser estranho pois sei que sentes ou sentiste o mesmo por outra pessoa. Finalmente temos um ponto em comum. Difícil ser não correspondido... Pronto, acho que esgotei a carga que trazia dentro do coração. O futuro? Não quero pensar nele...A qualquer momento pode aparecer um anjo caído do céu para baralhar as contas do nosso coração. Vou deixar andar, esperando que este sentimento que, infelizmente, não tem pernas para andar, morra tão repentinamente como surgiu. Aconteça o que acontecer, serás sempre para mim alguém único, excelente e muito querido. Só te peço que faças uma coisa por mim: cuida mesmo muito bem de ti, não quero que te aconteça nunca nada de mal pois se pudesse era teu anjo da guarda. Infelizmente sou uma pobre mortal...Adoro-te
6/02/05

P.S.- Ficou tudo em aberto, o meu Benfica continua com o próprio destino nas mãos. Não vai ser fácil mas vou acreditar até ao fim :)Força SLB!!!!!!!!!! Já a minha Juventus tem as contas bem mais complicadas após a derrota frente ao Arsenal:( Esperando por um desfecho feliz nos dois jogos da 2ª mão, despeço-me desejando-vos um bom resto de semana;)

Um Beijo da Diva Bianconera

 

publicado por Diva às 21:59

link do post | comentar | favorito
|
8 comentários:
De hhmarazul a 29 de Março de 2006 às 10:09
bem, quem lê os teus textos sobre o futebol, e agora lê uma declação destas, deixaste-me de boaca aberta , linda....
espero que tudo se resolva e que venha a ser um amor correspondido,.afinal a vida dá tantas voltas
De snow a 29 de Março de 2006 às 17:01
Olá! bem, mas que grande texto, por acaso li tudo, não percebi muito bem o que se passou mas confesso que me identifiqeic om algumas partes do teu texto. agora que já passou um ano, espero que esteja tudo mais calmo e mais claro no teu coração e mente ;) e que ja estejas mais animada. Pois é, o nosso slb vai ter de lutar mais um bocadinho lá em barcelona, mas vamos conseguir :D se não conseguissemso já tinahmso perdido ontem lol bjinhos
De Thor a 31 de Março de 2006 às 02:26
Gostei deste teu espaço virtual.
Pensamentos negativos poluem o corpo e o meio ambiente muito rapidamente. Veja como anda o seu pensar.
De 21pipa a 1 de Abril de 2006 às 11:45
ola =)adorei o texto ta d+, transborta sentimento =) algo mt parecido com o k senti ha bem pouko tmp..

qt ao nosso SLB vai ganhar desta vez!! basta acreditarmos nos n ossos meninos =P bjs
De yohanan a 4 de Abril de 2006 às 11:43
Olá querida Diva... Bem tu agora surpreendeste-me com esta magnifica carta onde declaras assumidamente que amas alguém... Muito bonita por sinal. Acho que devemos sempre lutar por quem amamos com todas as armas que possuimos, pelo menos n nos vamos arrepender mais tarde que não tentámos. beijokas 1000
De eternapartedemim a 4 de Abril de 2006 às 21:33
Olá Diva!

Bonito texto o teu! Espero que esse amor venha a ser possível! Nunca se sabe... o mundo dá muitas voltas!

Boa sorte para amanhã para o nosso SLB!

Beijo para ti. *****

Lu Costa
De inconfidente a 5 de Abril de 2006 às 11:08
Esperemos que o nosso benfica ganhe mais logo. Beijocas
De inconfidente a 6 de Abril de 2006 às 12:00
Quanto ao resto...só te digo uma coisa, não há nada que o tempo não cure, tb já me senti assim e dei a volta por cima.
Beiojocas

Comentar post

.leva-me contigo




.últimas paixões

. Até qualquer dia

. Dia dos Namorados

. Fingertips - Cause to lov...

. Lindo

. O amor é um jogo?

. Dúvida

. Feliz 2008

. Feliz Natal

. ...

. Palavras confusas de um c...

.fragmentos da memória

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

.links




Take an Angel






;

.prémios





.outros links


blogs SAPO

.subscrever feeds